21 setembro 2014

37º Capítulo − Saudades do mau humor! ✓


         

“A vida é um piano. Teclas brancas representam a felicidade e as pretas a angústia. Com o passar do tempo tu percebes que as teclas pretas também fazem música.” – The Last Song

– Mãe! Vou só sair, sim? Ninguém falou em namoro. – Selena assustava-se com os sonhos loucos de Mandy. – E obrigada, mãe! Eu vou acompanhar a Demi até ao carro e volto já! – Demetria e Mandy despediram-se. As duas foram até ao carro.
– Telefona assim que saires do encontro, sim? – Demetria abriu o vidro do carro.
– E se forem 05 da manhã? – Ela tremia.
– Não importa.
– E se acordar o Jonas?
– Começa a treinar para ser médico! – Ela beijou as suas mãos. – Boa sorte, Sel.
– Obrigada, Demi! – Demetria fechou o vidro e acenou um "Adeus" com a mão. Demetria iria para casa, não estava a fim de fazer outra coisa qualquer. Talvez tocar piano ou visitar Madison. Visitá-la implicava ter de viajar um pouco mais de carro. Chegou a casa e não viu ninguém. Pousou a bolsa em algum lugar e sentou-se no banco do piano. Ficou sérios minutos a olhar para as teclas e a pensar no que tocar. Lembrou-se de uma música. A música que Madison pedia para ser tocada inúmeras vezes. Impossível não relembrar cada nota.
– Eu passo aí amanhã, Sylvia. Não se preocupe! – Alguém chegou a falar ao telemóvel/celular. Desligou apressadamente e colocou-o no bolso das calças. – Demetria?         
– Joseph, esqueceste-te que vivo aqui juntamente contigo? Quem essa nova amiguinha? – Tocou baixo para se ouvir. Na última pergunta, sentiu uma pontada de ciúmes, algo incómodo. Tão incómodo que a fez voltar a olhar o piano.
Saudades do mau humor! Uma amiga da faculdade e o Liam? – Ele ironizou. Bem jogado, Joseph!
– Bom, passei imensa vergonha. Já que a minha mãezinha se abraçou às minhas pernas e chorou por perdão juntamente com Dallas. – Ela deu um sorriso torto. – Parece que o Nicholas tomou coragem, finalmente.
– Hã? – Disse confuso
– Depois, eu é que sou lerda… Ele convidou a Selena para sair. Aleluia! Vai cair um santo do altar.
– Ah não! Agora vou ter de pagar a merda da aposta! – Irritou-se mexendo nos bolsos à procura de alguma moeda ou nota.
– Pois é… Ele é teu irmão, já devias saber como ele é! Por uma aposta a dinheiro, ele faz trinta por uma linha. – Demetria levantou-se. – Bom, acho melhor ires fazer o jantar.
− Eu? Vês-me com cara de cozinheiro? – Folgou-se no sofá. – Ah, e a Pérola? Nunca mais me falaste dela.
– Bem…− Ela olhou para os cantos da sala. – Ela está prestes a morrer, porque não há dador compatível.
– Já pensaste em doar? Já fizeste isso? – Ele encarou-a.
– Não! Ah, qual é? Não me olhes assim, eu sei que sou lenta, sim? – Eles riram. – Sabes quem passou lá na empresa? – Folheava a revista da Vogue.
− Quem? – Joseph não demonstrou grande interesse.
− A querida e maravilhosa Camilla. – Ele fez cara de indiferença. – Então? Não vais perguntar nada sobre ela?
− Para quê? Se tenho tudo o que eu quero neste momento está à minha frente? – Ela corou.
− Okay. Levanta essa bunda daí e vai cozinhar. Agora! − Fizeram o jantar, “tudo-nada de mais”. Demetria trabalhou em alguns projetos enquanto Jonas foi dormir, já que o mesmo “Dormia em pé” e teria de sair cedo de casa amanhã.
Demetria ficou acordada até às duas e meia da manhã, à espera que Liam respondesse à sua mensagem que dizia que amanhã trabalhariam juntos no projeto. Claro que ele respondeu, mas depois de séculos há espera.
Demetria rastejou até à cama, foi contra algumas coisas que estavam no caminho. Vestiu-se e deitou-se como uma pedra. Seria um sono tão bom.
Friday, 05:30 A.M. Lovato & Jonas’s House, Texas
Um telemóvel/celular vibrou, fazendo com que Demetria desperta-se. Ela apalpou tudo o que se encontrava na mesinha de cabeceira, tentativa falha.

– Estou? – Demetria não viu quem era.
– Sou eu, Sel! Desculpa se te acordei. – Parecia muito feliz.
– Ah, imagina se me acordaste! – Ironizou. – Como correu o jantar?
– Queres mesmo saber? Ele pediu-me em namoro! Sabes o que é isso? Foi um jantar tão de amigo para amigo e depois acontece isto! – Ela gritava no telemóvel/celular enquanto Demetria bocejava.
– Que bom saber! Felicidades aos pombinhos. Vem ter comigo amanhã ao orfanato. Sim? – Bocejou novamente.
– Claro! Beijos de boa noite, minha linda! – Ela desligou na cara. Demetria não tinha percebido e disse algo mais e só depois “desligou”. Voltou a adormecer.

Friday, 07:28 A.M. Lovato & Jonas’s House, Texas
– Não! Por favor! – Tapou o rosto. Além de não ter dormido nada, teria de ir para o orfanato e passar sem falta na Divine Art. Caminhou levemente até à casa de banho. Esfregou os olhos e viu um papel verde no espelho.

“Já acordaste? Provavelmente, sim, se o estiveres a ler.
Já pensaste em saber se és compatível com a Pérola? Se não, eu arrastar-te-ei. Já pensaste há quanto tempo não festejas o teu aniversário? Bom, talvez esses anos não existam mais. Sim, é isso que pensas.
    Simples ou elaborado? Espero que gostes de coisas simples. Pois o meu dinheiro não rende para tanto.
    Beijos,
                 Do Teu Jonas ”
Porquê que ela sorria automaticamente? Porquê tantas perguntas e porquê “Do Teu Jonas”? Estranho demais, mas okay!
Friday, 08:29 A.M. Lovato & Jonas’s House, Texas
− Bom dia, Nina! – Ela acenou. Nina queria dizer algo. Demetria prosseguiu o seu caminho até ao quarto, abriu a porta e não viu ninguém. Correu até Nina. − Nina? Nina, onde está a Pérola?
− Bem, primeiro acalma-te. – Ela fê-la sentar-se.
                                
Continue…
Hola, chicas! Como estão? Sim, eu agora estudo Español e English.
Eu tenho um canal, e por isso queria agradecer por vídeo entre outras coisas. Será que me podem dar os vossos nomes? Para agradecer? Se quiserem. Têm até dia 30 desse dia.
E algumas perguntas nada a ver:
01. Qual o capítulo que mais gosta? Porquê?
02. Qual a frase que mais gosta? Porquê?
03. O que acha da escritora?
04. Como encontrou o blog?
05. Já indicou a alguém?
06. Qual layout prefere? 02.1 ou 02.2 (mesmo não tendo mostrado nenhum)

2 comentários:

  1. Hey!!
    O que aconteceu com a Pérola?? E “Do Seu Jonas” , hummmm...
    Posta logo, please.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi! Saberá em breve (eu sendo má) Hum, o que lhe parece?
      Vou tentar postar 4ª feira, okay?
      Beijos, Gata!

      Excluir